Feira mostra a sua força para a economia regional

Empresas potencializaram seus negócios e prospectam um crescimento de no mínimo 10% no pós-feira. O público por sua vez pôde comprar produtos com descontos, além de adquirir mais informação e conhecimento

Em meio ao caos político e econômico que o Brasil vive, potencializado nesta última semana com a paralisação dos caminhoneiros, a 5ª Feira D’ Beleza de Diadema foi realizada e com louvor. Ainda que prejudicado pela falta de combustível e redução de transporte, o público não desanimou e prestigiou o evento atrás de informação, atualização, capacitação e, claro, promoções de produtos. 

O Shopping Praça da Moça – localizado no centro de Diadema –, abriu as portas para expositores, profissionais da área e consumidores finais que, entre os dias 26 a 28 de maio, tiveram a oportunidade de potencializar os negócios, fazer um excelente networking e fortalecer a imagem das marcas presentes. 

Organizada pela ACE Diadema – Associação Comercial e Empresarial de Diadema –, a 5ª Feira D’ Beleza de Diadema atraiu cerca de 5 mil pessoas e, segundo a Presidente da entidade, Vera Lucia Rocha, esse número só não foi maior, devido à falta de combustível. “É importante termos ciência de que muita gente se programou para vir ao nosso evento, participar das atividades de palco e dos workshops que enriquecem e capacitam os profissionais, que também vêm atrás das novidades do setor. Porém, dado ao cenário que o País está vivendo, essas pessoas foram diretamente prejudicadas, pois por diversos motivos não conseguiram aproveitar a Feira”, lamentou Vera Lucia, que completou. “Mas ainda assim, tivemos um número expressivo de cidadãos circulando pela feira, que fez todo o nosso trabalho valer a pena. E não podemos desistir e deixar de lutar. Temos que pensar no bem da nossa Diadema, do Grande ABCD, e continuar gerando oportunidades para fomentar os negócios da nossa região. Essa é a nossa missão”

Negócios e resultados 

O espaço da 5ª Feira D’ Beleza de Diadema abrigou 30 expositores, que não economizaram energia para cativar o público e demonstrar seus produtos. Foram vários os setores representados: cuidados para cabelo, corpo, rosto, dente, maquiagem, móveis para estabelecimentos da área e, até mesmo, empresas que não estão diretamente ligadas com o segmento, mas que enxergaram a chance de potencializar a marca, a exemplo da Tupperware e do Rei do Brigadeiro. 

Criada há cinco meses, a Zyon Cosméticos – produtos exclusivamente masculinos –, apostou suas fichas na Feira e não se arrependeu. “Somos uma empresa nova no mercado, por isso, nosso principal objetivo foi prospectar representantes e distribuidores. E com a venda dos produtos, foi possível pagar os investimentos feitos para este momento e ainda potencializar um crescimento de 40% no faturamento da Zyon a partir da feira”, disse o sócio proprietário, Sergio Irian. 

Já a Lowel, centralizou a ação apenas na imagem institucional da empresa a fim de expandi-la e tornar a marca ainda mais conhecida entre os profissionais da área. “Dentro do nosso share, a cidade de Diadema é a mais representativa entre as sete cidades do ABC, é onde faturamos mais. E os nossos resultados nestes três dias foram bons, onde acreditamos atingir um aumento de 10% em novos negócios”, disse o gerente comercial, Thiago Almeida. 

Entre os veteranos de Feira D’ Beleza de Diadema, a Felps marcou presença pela terceira vez e comercializou 80% do estoque levado, focando os esforços na linha Felps Men, bem como trabalhou suas marcas secundárias: a Retrô e Avenca. “Temos a estratégia de vender nossos itens com valores mais baratos, para que as pessoas conheçam nossa qualidade e vivam a experiência, e com isso, elas passem a procurar os pontos de venda para continuar consumindo nossos produtos”, disse o gerente de marketing, Cesar Pereira. “Essa é uma feira regional que tem uma força extraordinária. Para os expositores é muito válido estar aqui, pois o retorno em fortalecimento de imagem é incrível”

Outra empresa que ficou bastante satisfeita com os resultados atingidos ao longo dos três dias foi a Mary Kay que, de acordo com a Diretora Cristina Elicker, teve o retorno de investimento já no primeiro dia. “Apesar dessa crise toda que estamos vivendo, eu fiquei surpreendida com o potencial da Feira D’ Beleza de Diadema. Soubemos aproveitar a oportunidade, criamos atividades diferenciadas e o público visitou e consumiu em nosso estande. Estou muito feliz”, afirmou Cristina. 

No encerramento da 5ª Feira D’ Beleza, emocionada, a Presidente da ACE Diadema destacou o trabalho de cada expositor e agradeceu a confiança de cada um. “Somente com muito trabalho poderemos mudar a atual situação do País. Precisamos de solução e não de problemas. Se faltou combustível lá fora, aqui sobrou energia”, encerrou Vera Lucia.